As parisienses goleiam sem dó o Soyaux

Equipe feminina

A equipe feminina do Paris Saint-Germain venceu por 7 a 0 o Soyaux neste domingo, 4 de abril, no Stade Georges Lefèvre, pela 18ª rodada da D1, consolidando sua posição de líder

Oito dias após a bela vitória por 3-0 em Montpellier, as parisienses voltaram aos gramados da D1 com um objetivo claro: conquistar a 15ª vitória consecutiva na liga e consolidar a liderança no topo da classificação sobre o Lyon, cuja partida em Guingamp foi adiada. Foi, portanto, uma equipe com força máxima que Olivier Echouafni alinhou contra o Soyaux, 10º colocado e determinado a somar valiosos pontos para tentar a sua manutenção na elite.

E uma surpresa ao pontapé inicial, já que as 22 jogadoras entraram em campo com… uma camisa do Paris Saint-Germain! Tendo as Sojaldiciennes perdido o conjunto de uniformes, foi portanto com as camisas visitantes do clube da capital, brancas e vermelhas, que elas enfrentaram as parisienses, vestidas com a sua quarta camisa, e que emprestaram as suas cores às adversárias do dia. Um fato inusitado que não impediu as Rouge et Bleu - de rosa, azul e preto então - de iniciarem a partida com um estrondo.

Kadidiatou Diani arrancou pela direita e cruzou para Marie-Antoinette Katoto, cuja sequência de domínio de peito e voleio acertou na trave. A bola voltou para Baltimore, que cabeceou de volta para a camisa nove do clube da capital só rolar a bola para a rede (1-0, 10'/1ºT). Após alguns minutos de observação, Paulina Dudek cabeceou após cobrança de escanteio de Sandy Baltimore para aumentar a vantagem (2-0, 41'/1ºT). Em nova cobrança de escanteio, desta vez feita por Sara Däbritz, foi a hora de Formiga balançar as redes (3-0, 46'/1ºT).

Dois escanteios decisivos, e depois um terceiro já no segundo tempo, quando Katoto cabeceou um novo cruzamento da alemã (4-0, 16'/2ºT). A atacante resolveu então dar uma assistência para Grace Geyoro também marcar (5-0, 18'/2ºT). As parisienses estavam com apetite, e após mais um escanteio de Däbritz, Katoto cabeceou, mas uma defensora salvou em cima da linha, e Diani pegou a sobra para fazer mais um (6-0, 22'/2ºT). Depois de uma boa movimentação iniciada por Formiga, Katoto tabelou com Nadim antes de anotar o seu hat-trick e assumir a liderança da artilharia da D1, fechando a goleada em grande estilo (7-0, 29'/2ºT).

Uma vitória magnífica que permitiu às jogadoras de Olivier Echouafni abrirem temporariamente quatro pontos na classificação sobre o OL. Ideal, pois após duas semanas de pausa para as seleções, elas enfrentarão o Lyon pelo jogo de volta das quartas de final da UEFA Women’s Champions League.