Teddy Riner prorroga seu contrato com o Paris Saint-Germain Judo

Clube

O Paris Saint-Germain tem o orgulho de anunciar que Teddy Riner assinou uma extensão de contrato válida por dois anos. O judoca três vezes medalhista de ouro olímpico, que compete na divisão +100 kg, agora está vinculado ao clube até 31 de agosto de 2024.

Riner começou sua extraordinária coleção de medalhas aos 17 anos, conquistando o título europeu e o mundial júnior em 2006. No ano seguinte, fez história no judô ao se tornar o mais jovem campeão europeu dos pesos pesados e o mais jovem campeão mundial masculino.

Com o passar das temporadas, o gigante venceu dez títulos mundiais e cinco títulos europeus individualmente. Entre 2010 e 2020, alcançou uma excepcional sequência de invencibilidade, somando um total de 154 vitórias consecutivas.

Após ser coroado campeão olímpico na divisão +100 kg em Londres 2012 e no Rio 2016, ele conquistou a medalha de ouro no evento por equipes em Tóquio 2020, no ano passado, ao lado dos companheiros de equipe do Paris Saint-Germain Romane Dicko e Amandine Buchard.

Em 2017, o Paris Saint-Germain Judo foi reativado e Riner tornou-se seu líder, assim como campeões olímpicos como David Douillet e Djamel Bouras já haviam sido no passado, durante a década de 1990.

Em maio deste ano, o judoca de maior sucesso de todos os tempos e seus companheiros de equipe conquistaram uma dobradinha histórica, com a equipe feminina e a masculina alcançando o título da 1ª Divisão francesa.

“Estou muito feliz por continuar minha jornada com o clube para o qual torço, afirmou Riner. Desde 2017, o Paris Saint-Germain Judo vem tomando forma e crescendo ano após ano com muito trabalho. Agora, somos um dos maiores clubes da França e da Europa, mas não queremos parar por aí. Ainda há história para escrevermos juntos. Com as qualidades que desenvolvemos e a determinação que nos impulsiona, estou convencido de que vamos ganhar muitos troféus mais. Isto é Paris!”

“Estamos imensamente orgulhosos de ter Teddy conosco por mais dois anos, anunciou Djamel Bouras, presidente do Paris Saint-Germain Judo. Será um trunfo inegável para nós nas competições nacionais e continentais em que participaremos. Seu histórico excepcional, sua longevidade e sua personalidade fazem dele a referência para os jovens judocas. Teddy é um dos membros do clube e se tornou o maior campeão da história do nosso esporte. Estaremos com ele até o último grande desafio de sua carreira: os Jogos Olímpicos de 2024 em Paris.”