Uma derrota magra que deixa espaço para esperança

Equipe feminina

As jogadoras de Olivier Echouafni perderam para o Olympique Lyonnais na quarta-feira (24), pelo jogo de ida das quartas de final da UEFA Women's Champions League

Depois de avançarem para as quartas de final da UEFA Women's Champions League frente ao Sparta Praga, as jogadoras da capital encontraram-se esta tarde com as campeãs do Olympique Lyonnais. Para a ocasião, Olivier Echouafni planejou um time competitivo, composto em particular por Bachmann, Katoto e Diani no ataque, além de Paredes e Dudek na zaga.

Desde o início da partida, e sob os olhares de Mauricio Pochettino e sua equipe, as parisienses mostraram vontade de pressionar forte, com um chute de Kadidiatou Diani que acertou a rede pelo lado de fora (1'/1ºT). Marie-Antoinette Katoto se infiltrou na área adversária na sequência, mas a goleira do Lyon venceu o duelo (12'/1ºT). Diani voltou a assustar ao tentar a sorte com o pé esquerdo, mas a bola foi interceptada por Sarah Bouhaddi (21'/1ºT).

À meia hora de jogo, o clube da capital dominava e as Lyonnaises perdiam muitas bolas. A atacante parisiense Ramona Bachmann chutou com o pé direito da entrada da área, mas sem sucesso (33'/1ºT). As parisienses fizeram um primeiro período sólido defensivamente, como Paulina Dudek e sua excelente interceptação diante de um contra-ataque do Lyon (44'/1ºT).

Sob os olhares de Mauricio Pochettino e sua comissão técnica, as jogadoras parisienses voltaram dos vestiários com a mesma determinação. A camisa 13 Sara Dabritz foi servida na entrada da área, mas o seu remate cruzado acertou a trave. As parisienses então resistiram a um período de dominação do Lyon. As oportunidades da equipe adversária multiplicavam-se, como o chute de Nikita Parris que parou em Christiane Endler (3'/2ºT) ou o remate de pé esquerdo de Saki Kumagai interceptado pela capitã parisiense (6'/2ºT). 

O Olympique Lyonnais obteve um pênalti depois de um passe de Irene Paredes roçar na mão de Formiga. Wendy Renard foi para a cobrança e bateu sem chances para Christiane Endler (1-0, 43'/2ºT). Cruel para as parisienses. E o placar não mudou até o apito final.

O clube da capital foi então derrotado para as atuais campeãs após um confronto intenso em que as parisienses não tiveram eficiência. Mas não há dúvidas de que nossas parisienses estarão determinadas a buscar a classificação no jogo de volta, que será disputado no dia 31 de março, no Groupama Stadium. Antes disso, as Rouge et Bleu enfrentarão o Montpellier fora de casa por ocasião da 17ª rodada da D1 Arkema.