Thomas Tuchel : "Jogar em alta intensidade"

Coletiva de imprensa

Na véspera de receber o Strasbourg pela quinta rodada da Ligue 1, neste sábado, 14 de setembro (17h30), no Parc des Princes, o técnico parisiense conversou cm as mídias no auditório do CT Ooredoo. Confira os melhores momentos desta conferência de imprensa.

GRUPO
"Estou muito feliz que a pausa internacional acabou porque agora podemos nos concentrar em nós mesmos. Conhecemos o nosso grupo e é hora de focar no que precisamos fazer. Thilo Kehrer, Julian Draxler, Kylian Mbappe e Edinson Cavani não farão parte do grupo. Edinson Cavani treinou na quinta-feira, mas ficou decidido que ele ainda não estava pronto para fazer parte do grupo. Os sul-americanos estão um pouco cansados porque jogaram nos Estados Unidos e chegaram quarta ou quinta-feira. Então eles ainda estão um pouco cansados, mas estão acostumados. Tivemos a oportunidade de dar um dia de folga a Colin Dagba, Thomas Meunier e Marco Verratti. "

STRASBOURG
"Estamos prontos para jogar com alta intensidade, porque o Strasbourg joga muito fisicamente e defende com linha baixa. Jogar logo após uma pausa internacional e antes de uma partida da Liga dos Campeões é sempre complicado. Devemos estar bem preparados, porque o Strasbourg é uma equipe que joga no contra-ataque e defende com cinco. Teremos que encontrar uma solução. Nunca é fácil, mas é uma nova temporada e temos que fazer tudo para marcar gols. "

KEYLOR NAVAS
"Se ele não sentir nada nesta sexta-feira, ele jogará no sábado. Uma oportunidade de contratar ele veio neste verão. Decidimos fazer isso por sua personalidade, seu estado de espírito. Eu tenho muita confiança nele. Fico feliz que a janela de transferência esteja concluída. Eu posso me concentrar nos meus jogadores. Graças aos reforços, ganhamos em caráter para poder fazer uma temporada com mais regularidade. "

MAURO ICARDI
"Ele não joga há muito tempo e precisa recuperar o ritmo. Ele está muito feliz por estar aqui. Ele pode jogar no sábado. Eu não acho que ele jogará o jogo inteiro porque ele não vai à campo há muito tempo. A concorrência com Edinson Cavani é positiva. Penso em toda a minha equipe e não pela concorrência só por um lugar. Eles devem ser cúmplices. Tenho que respeitar a concorrência, mas quero que meus jogadores se dêem bem. A principal qualidade de Mauro é o seu último toque de bola para concluir nossos ataques e marcar. Ele é sempre perigoso, não precisa de muitas bolas na área"