Thomas Tuchel: ‘Estaremos prontos’

Equipe principal

Às vésperas do jogo válido pelos 16 avos de final da Copa da França contra o Strasbourg, o treinador do Paris Saint-Germain respondeu a perguntas da imprensa. Confira alguns trechos

RELACIONADOS

"Não há novidades em relação a Marco Verratti. Temos que esperar, a primeira semana será muito importante, e então, teremos uma ideia mais precisa. Presnel Kimpembe treinou conosco na segunda-feira. Ele se sente bem, mas para o jogo de quarta-feira será muito cedo. Layvin Kurzawa está doente. Acho que ele não poderá jogar contra o Strasbourg. Edinson Cavani não treinou na segunda-feira. Ele sentiu uma dor na panturrilha, mas acho que estará conosco na terça-feira e que poderá jogar na quarta. Todos os outros jogadores estão disponíveis."

STRASBOURG

"O Strasbourg tem o segundo melhor ataque da Ligue 1, e também é muito forte defensivamente. Eles estão em uma boa dinâmica, com quatro vitórias consecutivas fora de casa. O time joga junto, de maneira muito agressiva. Tivemos uma experiência ruim em casa, onde foi muito difícil conseguir oportunidades e marcar gols. Este será o nosso desafio. Vamos jogar em casa e enfrentá-los agora será um grande desafio. Mas estaremos prontos. Teremos que estar no nosso melhor."

COPA DA FRANÇA

"Queremos vencer, eu quero vencer. Tive a oportunidade de participar de uma final da Copa da Alemanha com o Dortmund. Antes do jogo, me disseram o quanto era ótimo jogar uma final. Queremos chegar à final no Stade de France. Fui lá ver a seleção francesa jogar e foi extraordinário, por isso eu realmente quero disputar essa final. Mas antes de sonhar em ser campeão, temos que pensar no jogo de quarta-feira. Fomos eliminados pelo Guingamp na Copa da Liga e perdemos a chance de ganhar um troféu. Por isso, é importante vencer o Strasbourg. Esse é o nosso objetivo."

JULIAN DRAXLER

"Ele melhora a cada semana. É muito importante para nós, porque pode desempenhar várias posições e ser confiável. Ele tem qualidade, pode jogar por todos os seus companheiros de equipe. Com seu talento, ele pode se adaptar de uma maneira extraordinária. É muito agressivo e pode ser rápido e inteligente ao mesmo tempo. Ele demonstra isso em todos os jogos e treinamentos, ele entende o jogo, sente as situações, sabe quando jogar simples, quando manter a bola e quando acelerar. Jogar entre as linhas ofensivas é a sua melhor posição, mas ele é capaz de desempenhar vários papéis. Portanto, ele é muito importante para nós."