Thomas Tuchel: "Encontrar soluções"

Coletiva de imprensa

Às vésperas da partida válida pela quarta rodada da Ligue 1 contra o Nice, no Allianz Riviera, o técnico do Paris Saint-Germain falou com a imprensa

NICE

"O Nice não mudou a forma de jogar, mas está tentando melhorar. É uma equipe estruturada, que ataca e defende com estilo próprio. Assistimos aos nossos últimos jogos, analisamos o que foi bom e o que não foi. Estamos trabalhando nisso. Teremos de nos adaptar às mudanças, porque a equipe que enfrentamos muda frequentemente a forma como joga contra nós. A preparação para este jogo é difícil, porque jogamos na quarta-feira. Vamos observar nosso treinamento, a intensidade, e ver caso a caso. Temos que ter cuidado e nos adaptar, mas não é fácil, porque alguns estão lesionados, outros estão suspensos e alguns jogadores estão sendo usados ​​demais no momento."

MERCADO

"O objetivo é ter um grupo pronto para trabalhar, pronto para começar o campeonato. As prioridades são claras, precisamos de um atacante, um zagueiro e um meio-campista. Temos de substituir os jogadores que saíram, esse é o desafio. O grupo está cada vez menor e existe o risco de entrar em um círculo de lesões e fadiga. Meu trabalho é encontrar soluções e preparar a equipe para o próximo jogo. Tenho muita confiança neste grupo para estar pronto no domingo."

/media/186732/papier-1.jpg

JUAN BERNAT

"A lesão do Juan é muito grave para nós porque ele é um jogador fundamental, muito importante, com muita experiência. Ele realizou atuações extraordinárias, especialmente nas principais partidas da Liga dos Campeões e da Ligue 1. Contratar um lateral-esquerdo? Temos Layvin Kurzawa, apesar de sua suspensão, e Mitchel Bakker e Abdou Diallo. Contratar um jogador para esta posição não é, portanto, uma prioridade."

KYLIAN MBAPPÉ

"Tenho que falar com ele, mas o médico disse-me que ele estava disponível, assim como a Liga. Vamos aguardar o treino deste sábado, temos que conversar antes e depois. Se ele estiver se sentindo bem, acho que estará no grupo, mas não sei se será titular ou não. Ele soma muito durante um jogo: velocidade, qualidade, fome de gols... Ele teve uma lesão e depois testou positivo. Devemos protegê-lo, não devemos esperar muito dele. Ele deve se readaptar, ganhar confiança nos duelos e voltar à forma física. Temos que ser pacientes com ele."