Thomas Tuchel: "Capazes de marcar mais"

Equipe principal

Confira as primeiras reações dos parisienses após a vitória por 4 a 0 sobre o Angers, neste sábado (5) no Parc des Princes, pela 9ª rodada da Ligue 1

Thomas Tuchel (Treinador do Paris Saint-Germain)

"Não estava disposto a substituir Marquinhos, mas ele estava doente, e Leo (Paredes) fez o trabalho bem. Perdemos muitas bolas fáceis no primeiro período durante as fases de construção. Fomos melhores no segundo tempo porque jogamos mais alto, o que nos permitiu ter oportunidades e controlar os contra-ataques adversários. Vencemos por 4 a 0 o 2º colocado da Ligue 1, isso é ótimo. Depois de ter marcado no início, tivemos mais espaço, porque o adversário teve que atacar. Ganhamos qualidade na defesa, Kimpembe é extraordinário, Diallo é forte, com Gueye e Marqui ganhamos qualidade no meio de campo, eles gerenciam os detalhes. Acho que somos capazes de marcar mais. Perdemos muitos jogadores ofensivos nas últimas semanas, mas eles estão voltando."

Idrissa Gueye (Meio-campista do Paris Saint-Germain)

"É bom poder marcar, estava esperando por esse momento há alguns jogos. Eu não sabia como comemorar, mas pensei nisso antes da partida. Queria homenagear Edi imitando a comemoração dele, mas ao final perdi o rumo e fiquei lá (risos). Estou aqui para ajudar a equipe e me concentrar nas tarefas defensivas, mas se puder ajudar na frente, tudo bem também. Era importante vencer e conquistar os três pontos. Conseguimos começar bem a partida, com tabelas e marcando um gol cedo. Todo mundo está feliz com este 4 a 0."

Pablo Sarabia (Meio-campista do Paris Saint-Germain)

"Estou muito feliz por poder ajudar a equipe com assistências ou gols. Estamos muito satisfeitos por termos alcançado os objetivos da semana, com uma vitória fora na Liga dos Campeões e depois diante da nossa torcida, antes de partirmos para as nossas respectivas seleções. Fiquei muito feliz por ter marcado e poder comemorar com a torcida e minha família, foi muito importante para mim."

Mauro Icardi (Atacante do Paris Saint-Germain)

"Para mim, foi muito importante jogar após a partida da Liga dos Campeões na terça-feira contra o Galatasaray. Marquei e a equipe venceu, isso é o mais importante. O Angers é um time que gosta de jogar nos contra-ataques, nós sabíamos disso. Conseguimos abordar a partida corretamente, e merecemos esse resultado."