Derrota no Principado

Equipe principal

O Paris Saint-Germain perdeu nesta sexta-feira para o AS Monaco (3x2) pela 11ª rodada da Ligue 1

Duas semanas após a vitória contra o Stade Rennais (3-0), os parisienses viajaram para o Principado para seu reencontro com a Ligue 1. Privado de vários jogadores, Thomas Tuchel planejou um 4-4-2 liderado por Kylian Mbappé, Moise Kean, Ángel Di María e Pablo Sarabia.

Os parisienses esperavam uma dura oposição contra um grande adversário, especialmente porque o AS Monaco vinha de oito jogos invicto no Stade Louis-II. O início da partida rapidamente mostrou as inclinações ofensivas das duas equipes. Os jogadores da capital procuraram primeiro confiscar a bola perto da área adversária, provocando os primeiros arrepios nos monegascos.

Mas foram os donos da casa que pressionaram os parisienses com um poderoso chute de Volland bem defendido por Keylor Navas (10'/1ºT).

Até Kylian Mbappé abrir o placar. Lançado em profundidade por Ángel Di María, o campeão mundial arrancou diante da defesa antes de finalizar com um chute certeiro no canto superior (0x1, 26'/1ºT).

Ativo no meio de campo, Rafinha sofreu um pênalti, que Kylian Mbappé foi responsável por converter com autoridade (0x2, 37'/1ºT). Um travessão de Kean (44'/1ºT) e um gol anulado por impedimento de Mbappé (45'/1ºT) no final do primeiro período podem deixar alguns arrependimentos para os Rouge et Bleu.

Isso porque, quando voltaram do vestiário, os homens de Niko Kovac, longe de se resignar, fizeram de tudo para incomodar os parisienses. Keylor Navas teve que trabalhar em uma cabeçada poderosa de Volland (5'/2ºT), dois minutos antes que este último conseguisse reduzir o placar (1x2, 7'/2ºT), e em seguida empatar (2x2, 20'/2ºT). Foi finalmente em cobrança de um pênalti sofrido pelo alemão e convertido por Cesc Fàbregas que os monegascos viraram o placar (3x2, 39'/2ºT). Uma vantagem mantida até o apito final.

Após uma série de oito vitórias consecutivas na Ligue 1, os parisienses foram derrotados no Stade Louis-II, mas mantêm a liderança do campeonato. Eles retornarão ao Parc des Princes na noite de terça-feira para a recepção do RB Leipzig, pela Liga dos Campeões.