Mauro Icardi: "Quero marcar a história do Paris Saint-Germain"

Entrevistas

Segunda parte da entrevista de Mauro Icardi ao PSG.FR. Oportunidade para o artilheiro argentino conversar sobre o desenvolvimento e evolução de seu jogo durante sua carreira.

Aos 26 anos, você já passou por vários países. O que você aprendeu dessas experiências?

“Em Barcelona, aprendi muito da parte tática e técnica. Porque a filosofia de jogo é muito forte. Isso me ajudou na Itália a me adaptar e entender o jogo, o mesmo vale para a movimentação em campo, porque na Itália eles não estavam acostumados aos movimentos que eu podia fazer. Tudo isso desenvolveu minha inteligência de jogo em campo. A tática e impacto físico também criaram o jogador que sou hoje. "

Você é o jogador mais rápido da história do clube a marcar 10 gols, à frente de Zlatan Ibrahimovic. Como é entrar na história do clube tão rapidamente?

"Eu não sabia! É um orgulho conseguir esse tipo de coisa e marcar a história de um clube como o PSG. Eu tento estar sempre preparado e sempre ser uma opção para meus companheiros de equipe com meus movimentos em campo. Deixar eles com a oportunidade de servir um jogador livre. Então, na área, o atacante deve marcar gols. Estou sempre pronto e focado para fazer o lance o mais rapidamente possível após receber a bola." 

/media/64694/diapo-gsk-34-joie.jpg

Como você explica essa rápida adaptação com seus colegas em campo?

"Temos uma equipe com muitos jogadores de qualidade. A equipe geralmente tem a posse da bola e eu, como atacante, tento começar a pressão. Também me destaco por abrir espaços. As equipes adversárias estão esperando por nós muito fechadas em suas áreas, por isso ajudo meus colegas de equipe o máximo possível com ou sem a bola, criando espaços. Isso ajuda a equipe a marcar gols. Isso é jogo coletivo." 

Para concluir, o que você recomendaria aos jovens que sonham em se tornar um grande atacante?

“É muito difícil alcançar o alto nível. O conselho que dou sempre às crianças é trabalhar, gostar de jogar futebol. E se um dia eles tiverem a possibilidade de atingir o nível mais alto, terão que ser constantes, profissionais e se tornarem jogadores e pessoas responsáveis. "