Marquinhos : "Temos que ganhar essa final"

Coletiva de imprensa

Após o seu treinador, Marquinhos concedeu coletiva, no auditório do Stade de France. Na véspera de participar da sua quinta final de Coupe de France, o brasileiro mostra uma determinação intacta. Confira trechos.

A COPA, ESFORÇO COLETIVO
"Neste final de temporada, temos dois objetivos a cumprir: conquistar o campeonato em grande estilo - o que fizemos e ganhar a Coupe de France. Ela está ali, então temos que nos doar ao máximo para estarmos focados e conquistar esse novo título. Temos que ganhar. Podemos valorizar as taças já conquistadas, como a Ligue 1 e o Trophée des Champions, mas sabemos das ambições do clube." 

FAVORITOS?
"Sendo favoritos ou não, não há muita diferença. Uma coisa que conta: a verdade em campo. Troféus conquistados, história, tudo está fora do campo. Em uma final, cada time tem 50% de chance de ganhar. Todas as finais são difíceis, cada final tem seu contexto, sua importância. Amanhã, temos que vencer. "

O CAPITÃO
"Não sei se serei capitão amanhã, teremos que ver se Thiago Silva está disponível ou não. É uma enorme responsabilidade usar a braçadeira de capitão, é também uma questão de honra também com a camisa do Paris Saint-Germain. Nesse papel, eu tenho que estar o mais disponível possível para o grupo. Nesta temporada, ser capitão tem sido uma grande experiência para mim. Mesmo quando tivemos tempos difíceis, você tem que estar lá para seus companheiros de equipe e eu acho que me ajudou a melhorar muito. Você tem que sempre tentar ser positivo, porque é quando os tempos são difíceis que você analisa as coisas para melhorar, para seguir em frente ".

/media/24682/marqui-papier-2.jpg


RETORNO AO STADE DE FRANCE
"É claro que estou feliz por estar de volta aqui. Você joga em um ambiente diferente e quando joga no Stade de France, significa que é um grande evento. Amanhã, metade do estádio será parisiense, a outra metade do Rennes, será magnífico. Eu tenho ótimas lembranças daqui, porque cada vez que venho aqui nos últimos anos, o Paris Saint-Germain venceu ... "

RENNES
"O Rennes nos causou muitos problemas quando jogamos contra eles nesta temporada. O time tem um bom estilo de jogo feito de ataques rápidos. Eles têm bons jogadores que avançam rapidamente no contra-ataque. Para enfrentar isso, teremos que pressionar muito e estar bem organizados defensivamente, também vamos enfrentar Hatem Ben Arfa, que conhecemos bem. Ele e outros jogadores do Rennes podem fazer a diferença, mas nós temos que pensar neles como um time. Também é o caso para nós, teremos que nos ajudar em campo, os atacantes terão que apoiar os defensores e o contrário também. É assim que vamos vencer a partida, unidos ".

SEU ESTADO
"Após esta lesão contra o Nantes nas semifinais da Coupe de France (3-0), os exames me tranquilizaram. Eu só tive que me doar 100% com os fisioterapeutas e médicos para estar aqui. Confiei neles e hoje estou muito feliz de estar bem. Obviamente, quando uma final está se aproximando, você sempre se pergunta se estará recuperado a tempo, mas é passado. "

SEUS COMPATRIOTAS NEYMAR JR E THIAGO SILVA
"Ney é um jogador muito importante para a equipe e o clube. Você vê em campo: ele é um jogador com personalidade e grande qualidade. Ele está voltando depois de uma longa lesão e estamos muito felizes por ele estar de volta. Sobre o Thiago Silva... ele transmite a sua força em campo, organiza o jogo, assume a responsabilidade de ser capitão, me ajuda muito a evoluir ao seu lado."