Derrota... Mas classificação!

Equipe principal

O Paris Saint-Germain perdeu para o Manchester City pela quinta rodada da fase de grupos da UEFA Champions League (2-1)

Uma partida elétrica no frio glacial de Manchester... Quase dois meses após a bela vitória arrancada no Parc des Princes (2-0), os parisienses pisaram em solo inglês para o grande duelo deste Grupo A. Em um gramado hostil onde os campeões ingleses não sofreram a menor derrota nesta temporada, Mauricio Pochettino também teve que lidar com as ausências de última hora de Verratti e Wijnaldum.

E a intensidade com que os 22 jogadores mergulharam desde o início da partida definiu o cenário: os homens de Pep Guardiola iam confiscar a bola e fazer chover oportunidades na área parisiense. Como no jogo de ida, nossos Rouge et Bleu tiveram que resistir todos juntos, aguentar sem entrar em pânico. E todos os parisienses trabalharam nisso: Presnel Kimpembe foi o autor de um resgate sobre Rodri na frente do gol (5'/1ºT), Hakimi desviou por pouco uma bola de Mahrez (18'/1ºT), enquanto Keylor Navas não parava de esquentar as luvas para salvar sua equipe. E o costarriquenho contou inclusive com sua trave para salvá-lo de um poderoso chute de Gündogan (33'/1ºT).

É verdade que os nossos atacantes deram de tudo para aproveitar as oportunidades, como Neymar Jr. (17'/1ºT), Hakimi, Nuno Mendes e principalmente Mbappé (44'/1ºT). Mas essa tenacidade valeu a pena assim que voltamos dos vestiários! Em sua primeira incursão, os homens de Mauricio Pochettino encontraram o gol após uma maravilhosa jogada coletiva concluída com frieza por Kylian Mbappé (0-1, 5'/2ºT)!

E então a maré mudou. Quando as duas equipes trocavam ataques, os Citizens conseguiram primeiro empatar através de Sterling, recebendo um cruzamento de Walker (1-1, 18'/2ºT). Apesar de um final de jogo totalmente desenfreado, e enquanto Mauricio Pochettino foi forçado a substituir Ander Herrera e Nuno Mendes - ambos lesionados - Neymar Jr esteve muito perto de dar a vantagem ao Paris depois de mais uma jogada coletiva. Mas, em última análise, foram os homens de Guardiola que encontraram a rede, com Gabriel Jesus (2-1, 32'/2ºT).

Espetacular, esta partida não acabou em favor dos parisienses. Mas também tivemos que contar com o outro jogo da noite, entre o Brugge e o RB Leipzig. E os alemães deram conta do recado, vencendo os belgas por 4 a 0 e garantindo o essencial para os parisienses: a classificação! Assim, ao final desta 5ª rodada da fase de grupos, o clube da capital está agora confiante que terá uma primavera europeia. Longo e cheio de obstáculos, o caminho continua...