Julian Draxler: "Felizes por termos vencido este jogo"

Entrevistas

O meio-campista do Paris Saint-Germain relembrou a vitória sobre o Metz antes de discutir o duelo contra o Nice neste domingo (19), no Allianz Riviera

Julian, como você vivenciou esse cenário de jogo maluco contra o Metz?
"Foi difícil, como pudemos ver. Criamos chances, mas no momento é um pouco complicado, porque não estamos 100%, isso é claro. Ainda tivemos a oportunidade de fazer este gol. Para falar a verdade, estávamos todos mortos! Quando marquei, fiquei sozinho para comemorar porque ninguém tinha forças (risos). A situação era complicada, mas a equipe fez um grande esforço. Portanto, estamos felizes por termos vencido este jogo."

/media/186680/papier-4.jpg

Como você analisa o desempenho da equipe?
"Marcar no primeiro tempo teria tornado o jogo mais fácil para nós. Temos que trabalhar muito, fizemos isso contra o Metz. No vestiário, ficamos muito felizes porque fizemos um grande esforço. Não tem nada a ver com a qualidade da equipe ou a falta de jogadores, foi apenas um grande esforço a ser feito. Portanto, estamos muito felizes. Meu gol? Todos conhecemos a qualidade de Ángel Di María. Ele teve um domínio magnífico. Também foi importante que Icardi estivesse presente para dificultar a saída do goleiro. E então, tive a sorte de ver a bola entrar, mesmo que fosse de cabeça, o que não é minha especialidade. Mas, felizmente, marquei!"

/media/186681/papier-5.jpg

Você voltou a ser titular durante esta partida. Como se sentiu?
“Depois de 70-75 minutos, é normal estar cansado. Mas você tem que trabalhar, principalmente eu, porque fazia muito tempo que não jogava os 90 minutos com o time. Estão faltando jogadores agora, e tento fazer o meu melhor quando jogo. Às vezes, a falta de ritmo não facilita para mim. Mas vou continuar trabalhando. Estou feliz por poder mostrar que fui capaz de ajudar a equipe."

/media/186682/papier-6.jpg

Agora é hora de enfrentar o Nice...
"Sei que repetir que será complicado pode ser difícil para os torcedores ouvirem, mas depois de uma temporada como esta, e sem preparação, é muito difícil. Vamos lá para ganhar, como sempre, porque somos o Paris Saint-Germain. Vamos dar o nosso melhor em campo. Veremos quem pode jogar. Temos que trabalhar agora para estar prontos no domingo."