Eric Maxim Choupo-Moting: "Orgulhoso por jogar por este clube"

Equipe principal

Antes de se juntar à seleção camaronesa para disputar a Copa Africana de Nações, o atacante parisiense falou sobre sua primeira temporada com o clube da capital, coroada com o título do Campeonato Francês

Choupo, você veio para a França para ganhar o campeonato, e conseguiu! O que isso representa para você?

"Estou muito orgulhoso deste título e por jogar por este clube. É uma honra ser campeão. Mesmo que o clube já tenha ganhado nos últimos anos, para mim é especial e estou muito feliz. Devíamos ter mais reconhecimento depois desta temporada. Infelizmente, estas derrotas mais recentes ainda deixam vestígios. Mas devemos continuar a olhar para frente e percebermos que ainda assim fizemos uma ótima temporada. Vencemos quase trinta partidas e temos boas estatísticas, principalmente em termos de gols marcados. É preciso manter isso em mente, sempre olhar para frente e ter orgulho de ser campeão."

Pessoalmente, qual foi o melhor momento da sua temporada?

"Na Copa da França, contra o Dijon no Parc des Princes, todo o estádio cantou o meu nome, me tocou muito ver esse fervor dos fãs. A atmosfera no Parc já é sempre algo especial, eu realmente sinto isso e é sempre incrível. O jogo contra o Liverpool também foi muito louco para todos os parisienses, vencemos em casa, foi ótimo. Eu sempre penso que ganhar em casa cria algo especial."

Como você se sentiu sobre o fato de Thomas Tuchel ter te chamado para o Paris Saint-Germain?

"Eu o conheço desde que joguei para ele no Mainz, e ele já era um excelente técnico que conhecia e analisava o futebol, e poderia elevar o nível de um clube graças ao seu jogo. Ele fez isso em Mainz, Dortmund e agora no Paris, o maior clube da sua carreira. Mas não me surpreende que ele tenha se tornado treinador aqui. Ele fez um trabalho muito bom e acho que este ano ele geriu o time muito bem, com todas as estrelas que existem. Às vezes não é tão fácil, mas ele fez isso muito bem. Fiquei muito feliz quando ele me ligou, e eu, é claro, já estava pronto e estou muito feliz por estar aqui."