É hora do espetáculo!

Equipe principal

Nesta terça-feira (12) à noite, o Paris Saint-Germain enfrentará o Manchester United pelo jogo de ida das oitavas de final da UEFA Champions League. Um espetáculo esperado por todos os amantes do futebol e, é claro, os jogadores do clube da capital

O "Teatro dos Sonhos" de Old Trafford receberá nesta terça-feira um duelo digno das grandes noites. Primeiro colocado em seu grupo na UEFA Champions League, os parisienses jogam fora, enfrentando uma equipe que encontrou uma nova vida nas últimas semanas, após a nomeação de Ole Gunnar Solskjaer à frente dos Red Devils. Se os ingleses parecem em melhor forma, os Rouge et Bleu estão bem cientes do que os espera, como nos disse Marquinhos: "Isso não muda nada para nós. Sabemos que o Manchester United é uma equipe com uma longa história na Liga dos Campeões. Esses atletas já eram grandes jogadores há alguns meses, e ainda são hoje. Existe apenas outra dinâmica. Vamos estudá-los, sua filosofia, seu estilo de jogo, e tentar encontrar seus pontos fortes e fracos para fazer a melhor partida possível lá".

/media/20437/papier-1.jpg

No entanto, os jogadores de Thomas Tuchel também estão conscientes de sua própria força e qualidade, como atesta Julian Draxler: "Eles têm sido melhores já há algum tempo, jogando um bom futebol, e são perigosos. Mas nós também somos! Também temos uma equipe muito forte. Será uma partida interessante, e espero que possamos trazer de volta um bom resultado do Old Trafford".

No lado das estatísticas, nunca antes um time francês venceu no campo do Manchester United em competições europeias (quatro empates e dez derrotas). Mas o Paris Saint-Germain vai ao Old Trafford com um interessante recorde ofensivo, terminando como o melhor ataque da fase de grupos da Liga dos Campeões, com 17 gols marcados em seis jogos.

Se Cavani e Neymar Jr. não estão disponíveis, Kylian Mbappé ainda pode fazer sua mágica. 69% dos gols do atacante Rouge et Bleu na Liga dos Campeões foram anotados fora de casa (9/13), a melhor relação para um jogador que marcou mais de 10 gols na competição, desde o início de sua carreira.

/media/20438/papier-2.jpg

Também ciente do renascimento dos Red Devils, Kylian Mbappé ainda tem muita ambição: "No futebol, há altos e baixos. Eles voltaram hoje a um bom nível, mas estamos nos preparando para estar prontos ao combate durante toda a partida".

Mesma história para Ángel Di María, que inevitavelmente espera um jogo apertado: "Será muito complicado. E claro que não será fácil. Mas temos jogadores experientes em nossa equipe, que já venceram esta competição, e querem vencê-la novamente. Nós devemos manter esse estado de espírito".

Que comece o espetáculo!