O Paris Saint-Germain e a final da Copa da França: 4ª parte (década de 2010)

História

Em poucas horas, diante do Rennes, o clube da capital disputará sua 17ª final do torneio e tentará conquistar pela 13ª vez este cobiçado troféu. Assim, o PSG.FR volta no tempo e refaz as finais disputadas pelos Rouge et Bleu ao longo das décadas. Hoje, focaremos na década de 2010

 Ato 11 – 1º de maio de 2010, no Stade de France: Paris Saint-Germain 1x0 AS Monaco

Dois anos após perder para o Lyon nas mesmas condições (0x1 na prorrogação), temíamos uma certa maldição, quando iniciou o tempo extra. Assim como Gregory Coupet com o OL em 2008, Stéphane Ruffier, goleiro monegasco, pôde contar com a sorte quando Mevlüt Erding acertou o travessão no tempo normal. Mas ele não contava com o sacrifício dos parisienses, que finalmente venceram a retranca do ASM através de Guillaume Hoarau, cabeceando após chute forte de Christophe Jallet (15’/1ºTP)! Uma vitória cheia de personalidade, como o capitão da noite que ergueu este troféu, para celebrar o 40º aniversário do clube: um certo Claude Makélélé...

Ato 12 - 14 de maio de 2011, no Stade de France: Paris Saint-Germain 0x1 Lille

Vencedor nos últimos minutos há 12 meses, os parisienses desta vez foram do riso às lágrimas. Diante dos futuros campeões franceses, os Rouge et Bleu cederam diante da cobrança de falta de Ludovic Obraniak, que encontrou um ângulo impossível para encobrir Grégory Coupet (44’/2ºT). Segundos depois, o mesmo Coupet defendeu um pênalti cobrado por Mathieu Debuchy (46’/2ºT). O LOSC estava então no caminho da “dobradinha” francesa, algo que inspiraria muito em breve o seu oponente...

Ato 13 - 30 de maio de 2015, no Stade de France: AJ Auxerre 0x1 Paris Saint-Germain

Diante de um valente Auxerre, liderado por um Léon Donovan muito inspirado em seu gol, a luz após cabeçada cirúrgica de Edinson Cavani, após cruzamento de Gregory van der Wiel (20’/2ºT)! Em seu quintal, El Matador lançou o último destaque de uma temporada histórica: pela primeira vez na França, um clube ganhava os quatro torneios nacionais!

Ato 14 - 21 de maio de 2016, no Stade de France: Olympique de Marselha 2x4 Paris Saint-Germain

Em Paris, gostamos muito de feitos históricos... E do OM! Dez anos após seu último duelo no Stade de France, parisienses e marselheses se encontram em Saint-Denis para um "remake". O palco era o ideal, especialmente para um artista: Zlatan Ibrahimovic. Blaise Matuidi rapidamente abriu o baile (2’/1ºT), para depois o sueco assumir o controle. Dois gols e uma assistência para Cavani: o camisa 10 Rouge et Bleu deixava o Paris Saint-Germain pela porta da frente. Assim, o clube da capital repetiu o “quadruplé” e se juntou ao OM com dez troféus na história desta competição!

 Ato 15 - 27 de maio de 2017, no Stade de France: Angers SCO 0x1 Paris Saint-Germain

Derrotados na L1 pelo AS Monaco, os Rouge et Bleu pretendiam manter firmemente o "seu" outro troféu, na 100ª edição do torneio. E o duelo só foi decidido nos últimos segundos, com um gol contra de Issa Cissokho após escanteio cobrado por Ángel Di María (47’/2ºT). Assim, Maxwell levantou o 11º troféu da Copa da França na história do clube, tornando-se o recordista. Como bônus, o Paris Saint-Germain conseguiu o tricampeonato consecutivo nesta competição, igualando o Estrela Vermelha (1921 a 1923) e o Lille (1946 a 1948).

Ato 16 - 8 de maio de 2018, no Stade de France: Les Herbiers VF 0x2 Paris Saint-Germain

Dizia-se que esta final seria decididamente atípica, já que o Herbiers (da 3ª divisão) conseguiu escalar até o Stade de France, ao final de um épico que exigia respeito. A fisionomia também era inédita: após 20 minutos de jogo, os parisienses já haviam acertado a trave em três oportunidades! Giovani Lo Celso com um chute rasteiro (26’/1ºT) e Cavani de pênalti (29’/2ºT), fizeram a hierarquia ser respeitada. Nesta competição, o Paris Saint-Germain acabava de escrever uma 12ª página de sucesso, e a noite terminou com uma imagem magnífica. Na tribuna de honra, Thiago Silva convidou Sébastien Flochon, capitão adversário, para levantar o troféu ao seu lado. Uma imagem que simboliza todo o espírito desta Copa!

 

O Paris Saint-Germain e a final da Copa da França: 3ª parte (anos 2000)

O Paris Saint-Germain e a final da Copa da França: 2ª parte (anos 1990)

O Paris Saint-Germain e a final da Copa da França: 1ª parte (anos 1980)