Nasser Al-Khelaifi fala sobre o clube

Clube

O presidente do Paris Saint-Germain falou nas colunas dos diários Le Parisien, Marca e Gazzetta dello Sport. Uma oportunidade para discutir a nova estratégia que ele quer colocar em prática dentro do clube

No alvorecer de uma nova temporada, é nas colunas de três grandes diários europeus que o presidente do Paris Saint-Germain escolheu traçar os contornos do novo projeto Rouge et Bleu. Depois de fazer um balanço da temporada 2021-2022, Nasser Al-Khelaifi anuncia a mudança: "Esperamos que todos os jogadores façam muito mais do que na temporada passada. Muito mais! Obviamente, não fomos bons o suficiente para ir longe. Para a próxima temporada, o objetivo é claro: trabalhar todos os dias a 200%.

Dar tudo o que temos por esta camisa, dar o máximo, e então veremos o resultado. Temos que nos tornar humildes novamente. Temos que mudar para evitar lesões, suspensões e faltas que viram o jogo de cabeça para baixo. Deixamos de dizer: 'Queremos ganhar isso, isso e isso'. Estamos construindo. Você tem que se disciplinar, dentro e fora do campo. Quem quiser ficar no seu conforto, quem não quiser brigar, ficará de lado. E temos que criar uma equipe real, encontrar um verdadeiro espírito coletivo. Esta será a missão do novo treinador. Queremos jogadores orgulhosos de representar o Paris Saint-Germain e prontos para lutar todos os dias".

Um envolvimento e uma determinação que o presidente parisiense deseja ver aplicado a todos os setores do clube, com um objetivo concreto: dar um sotaque parisiense ao projeto. "Estamos aqui há muito tempo. Vamos ter o melhor centro de treinamento do mundo. Meu objetivo para os próximos anos é ter apenas jogadores parisienses em nossa equipe. Há muito talento na nossa região. Os melhores jogadores da nossa região merecem jogar pelo Paris Saint-Germain. Onze anos atrás eu disse que queria formar o futuro Messi, hoje digo que queremos formar o futuro Mbappé, que também viria de Paris! Não é fácil, mas temos tudo para chegar lá."

"Vai levar tempo, mas é um objetivo", insiste Al-Khelaifi. "Queremos jogadores que amem o clube, que amem lutar, que amem vencer. E queremos que essa mentalidade se espalhe por todo o clube. Queremos descobrir novos talentos, novos mercados. O treinador que vai encarnar este projeto? Temos uma pequena lista de treinadores, estamos conversando com o Nice, não é segredo. Espero que cheguemos rapidamente a um acordo, mas respeito o Nice e o Presidente Rivère, todos defendem os seus interesses."

Para realizar este projeto, o presidente do Paris Saint-Germain contará com um novo assessor de futebol na pessoa de Luís Campos: "Luís vai focar no time principal. Temos que explorar novas direções. Temos que encontrar jogadores que tenham orgulho de estar em Paris, pelo clube, pelo futebol e apenas pelo futebol". Uma oportunidade também para agradecer a Leonardo: "Ele fez um trabalho incrível. Desejamos-lhe o melhor. É o futebol... Eu sei que muitos clubes vão se interessar por ele, porque ele tem muita experiência".