Di María: ‘Estamos mais fortes do que na temporada passada’

Poucos dias antes do grande duelo entre Paris e Real Madrid no Santiago Bernabéu, no jogo de ida das oitavas de final da UEFA Champions League, Ángel Di María falou sobre o adversário do clube da capital francesa, um clube que ele conhece bem e com o qual já conquistou a Europa
Di María: ‘Estamos mais fortes do que na temporada passada’

Ángel, o jogo contra o Real Madrid está se aproximando. Qual é o estado mental do grupo?

"Temos consciência de que estamos mais fortes do que na temporada passada. Temos grandes ambições e podemos alcançá-las. Mas também sabemos que para ganhar a Champions League, você não precisa apenas de talento, mas também de um pouco de sorte. Sem essas duas condições, é muito difícil vencer essa competição. Lembro-me da final vencida em 2014, quando estava no Real. Estávamos atrás no placar, com o jogo quase terminado, mas empatamos no último segundo. É preciso um pouco de sorte para ganhar esse tipo de jogo."

Você falou sobre a força do elenco parisiense, mas o que acha do momento atual do Real?

"O Real Madrid é uma grande equipe, eles sempre se impõem na Champions League. É uma competição completamente diferente do campeonato nacional. Quando toca o hino da Champions, os jogadores se transformam e dão o seu máximo. Isso vale para nós também, é claro. Mesmo que o Real não vá bem na liga, eles darão de tudo para nos vencer em casa, diante de sua torcida. Não será uma partida fácil."

Di María: ‘Estamos mais fortes do que na temporada passada’

Para você, quais são as chaves desta partida?

"Acho que eles não jogam pela posse da bola, como nós. Nosso estilo de jogo é mais próximo do FC Barcelona. O Real joga principalmente no contra-ataque. Quando o oponente perde a bola, eles partem para cima rapidamente. É por isso que os jogos contra este time são muito difíceis de controlar. A chave do jogo será segurar a bola, impor o nosso estilo, permanecendo bastante concentrados na parte defensiva, porque sabemos que eles podem marcar a qualquer momento."

Durante esta partida, duas das maiores estrelas do mundo do futebol competirão, Neymar e Cristiano Ronaldo...

"São dois jogadores muito parecidos. Eles são rápidos e muito fortes no mano a mano, atuando com velocidade e muita intensidade. Ney é bem mais jovem, e isso pode ser uma vantagem. Mas ambos são capazes de ganhar jogos."

Di María: ‘Estamos mais fortes do que na temporada passada’

Como você explica o seu momento atual?

"Aqui em Paris, toda a equipe faz com que os jogadores se sintam importantes. Mas quando alguém atua menos, ele pode perder alguma confiança. Me esforcei para repetir as boas performances do início da temporada, porque eu tinha que recuperar essa confiança em mim. Após as férias de inverno, comecei várias partidas, tive a oportunidade de brilhar novamente e queria aproveitar ao máximo essas chances. E, claro, o apoio dos meus colegas de equipe me ajudou bastante."